Por Quem Cristo Morreu?

Código: 3408 Marca:
R$ 177,00 R$ 106,20
até 5x de R$ 21,24 sem juros
ou R$ 100,89 via Pix
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 106,20 sem juros
    • 2x de R$ 53,10 sem juros
    • 3x de R$ 35,40 sem juros
    • 4x de R$ 26,55 sem juros
    • 5x de R$ 21,24 sem juros
  • R$ 100,89 Pix
  • R$ 106,20 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Descrição:

A extensão da obra expiatória de Cristo na cruz é uma das questões mais divisivas do cristianismo como um todo.  Em Por Quem Cristo Morreu?, David L. Allen apresenta um caso bíblico, histórico, teológico e prático para uma expiação universal. Por meio de uma abrangente pesquisa histórica, Allen afirma que a expiação universal sempre foi a visão majoritária dos teólogos desde os Pais da Igreja, e que mesmo entre calvinistas, há uma gama considerável de nomes importantes que abraçaram a expiação ilimitada.  Descobrindo as evidências das Escrituras e da história, bem como discutindo argumentos para uma expiação limitada, Allen afirma que uma expiação ilimitada é a melhor compreensão da obra salvadora de Cristo.  Ele conclui mostrando que uma expiação ilimitada fornece a melhor base para evangelismo, missões e pregação.

Allen prova de maneira clara e incisiva que praticamente ninguém negou de forma explícita Cristo morreu pela humanidade desde o início da igreja até cerca de 1590. Nem mesmo Calvino e os Reformadores seguiam a rota da Expiação Limitada! Allen também fornece uma impressionante revisão crítica, capítulo por capítulo, da obra calvinista “Do céu Cristo veio busca-la”.

Esta será, sem dúvida, a obra definitiva sobre esta questão durante muitos anos, provando que Cristo morreu pela humanidade.

 

SUMÁRIO

 

Prefácio | 23
Introdução | 27

 

Parte I
A Extensão da Expiação na História da Igreja

 

1 A Extensão da Expiação nas Igrejas Primitiva e Medieval | 49
 

A Igreja Primitiva | 49
Irineu (130-202 d.C.) | 51
Mathetes (130 d.C.) | 51
Clemente de Alexandria (150 -215 d.C.) | 52
Orígenes (184/85 -253/54 d.C.) | 53
Cipriano de Cartago (200 - 258 d.C.) | 55
Eusébio (c. 275 - 339 d.C.) | 55
Atanásio (298 - 373 d.C.) | 55
Cirilo de Jerusalém (315 - 386 d.C.) | 57
Gregório de Nazianzo (324 - 389 d.C.) | 58
Basílio (330 - 379 d.C.) | 59
Ambrósio (338 - 397 d.C.) | 59
Jerônimo (347 - 420 d.C.) | 60
João Crisóstomo (349 - 407 d.C.) | 61
Cirilo de Alexandria (376 - 444 d.C.) | 63
Teodoreto de Cirro (393 - 466 d.C.) | 63
Agostinho (354 - 430 d.C.) | 64
Próspero de Aquitânia (390 - 455.) | 71
O Período Medieval | 74
Godescalco (808 - 867) | 74
Pedro Lombardo (1096 - 1164) | 77
Tomás de Aquino (1225-1274) | 83

2 A Extensão da Expiação no Período da Reforma | 87
Os Primeiros Reformadores Continentais | 87
Johannes Oecolampadius (1482-1531) | 87
Martinho Lutero (1483-1546) | 88
Ulrico Zwínglio (1484-1531) | 91
Martin Bucer (1491-1551) | 93
Menno Simons (1496-1561) | 96
Wolfgang Musculus (1497-1563) | 97
Pedro Mártir Vermigli (1499-1562) | 98
Heinrich Bullinger (1504-1575) | 99
Agostinho Marlorate (1506-1562) | 102
João Calvino (1509-1564) | 103

 

A análise contemporânea do pensamento de Calvino sobre a extensão da
expiação | 123

Benedictus Aretius (1505-1574) | 159
Girolamo Zanchi (1516-1590) | 159
Teodoro Beza (1519-1605) | 165
Rudolf Gwalther (1519-1586) | 170
Zacharias Ursinus (1534-1583) | 171
Gaspar Olevianus (1536-1587) | 174
David Paraeus (1548-1622) | 174
Jacob Kimedoncius (1550-1596) | 178
Conclusão | 183

 

Os Primeiros Reformadores Ingleses | 185
John Wycliffe (1320-1384) | 185
Hugh Latimer (1487-1555) | 186
Miles Coverdale (1488-1568) | 187
Thomas Cranmer (1489-1556) | 188
William Tyndale (1494-1536) | 189
John Hooper ([1495-1500]-1555) | 190
John Bradford (1510-1555) | 190
John Jewel (1522-1571) | 191
William Perkins (1558-1602) | 193
William Ames (1566-1633) | 196
Conclusão | 201


3 A Extensão da Expiação no Período Pós-Reforma | 202
Jacó Armínio e o Sínodo de Dort | 202
Jacó Armínio (1560-1609) | 203
O Sínodo de Dort (1618-1619) | 218
Ludwig Crocius (1586/7-1653/5) | 228
Conclusão | 229

 

Amyraut, Amiraldismo e a Escola de Saumur | 234
Diversos Teólogos do Século XVII | 241
Jean Daillé (1594-1670) | 241
Hermann Hildebrand (1590-1649) | 241
Francis Turretini (1623-1687) | 242
Cornelius Otto Jansen (1585-1638) | 244
Conclusão | 245


Anglicanos, Puritanos e Westminster (1550-1700) | 246
Andrew Kingsmill (1538-1569) | 247
Ezekiel Culverwell (1554-1631) | 247
Robert Rollock (1555-1599) | 248
Andrew Willet (1562-1621) | 250
John Davenant (1572-1641) | 250
Joseph Hall (1574-1656) | 254
Robert Boyd (1578-1627) | 255
James Ussher (1581-1656) | 255
Hugo Grotius (1583-1645) | 258
Thomas Adams (1583-1652) | 259
Robert Jenison (1584-1682) | 260
John Preston (1587-1628) | 261

 

A Conferência da Casa de York (1626) | 263
John Goodwin (1594-1665) | 264
Henry Hammond (1605-1660) | 271
William Jemkyn (1613-1685) | 273
John Owen (1616-1683) | 273
Richard Baxter (1615-1691) | 278
John Corbet (1620-1680) | 307
Thomas Watson (1620-1686) | 308
John Humfrey (1621-1719) | 309
Edward Polhill (1622-1694) | 310
John Flavel (1627-1691) | 310
George Swinnock (1627-1673) | 311
Stephen Charnock (1628-1680) | 313
John Howe (1630-1705) | 315
James Fraser of Brea (1639-1698) | 316
Matthew Henry (1662-1714) | 318
Assembleia de Westminster (1643-1649) | 321
Conclusão | 335

 

4 A Extensão da Expiação no Período Moderno | 339
O Século XVIII | 339
Thomas Boston (1676-1732) | 344
Daniel Whitby (1638-1726) | 345
Experience Mayhew (1673-1758) | 347
Isaac Watts (1674-1748) | 350
Herman Venema (1697-1787) | 353
Philip Doddridge (1702-1751) | 353
Jonathan Edwards (1703-1758) | 354
George Whitefield (1714-1770) | 365
David Brainerd (1718-1747) | 367
Joseph Bellamy (1719-1790) | 368
John Newton (1725-1807) | 370
Jonathan Edwards Jr. (1745-1801) | 371
Edward Williams (1750-1813) | 372
John Wesley (1703-1791) | 374
Conclusão | 375


O Século XIX | 375
James Richards (1747—1843) | 401
George Hill (1750-1819) | 402
Alexander Ranken (1755-1827) | 403
Timothy Dwight (1752-1817) | 403
John Chavis (1763-1838) | 404
Edward Dorr Griffin (1770-1837) | 405
Ralph Wardlaw (1779-1853) | 406
Thomas Chalmers (1780-1847) | 412
George Payne (1781-1848) | 417
Robert Morison (1781-1855; pai de James Morison) | 419
John Brown (1784-1858) | 422
William Cogswell (1787-1850) | 424
Daniel Dewar (1788-1867) | 425
Charles Hodge (1797-1878) | 426
Albert Barnes (1798-1870) | 429
Howard Malcolm (1799-1879) | 433
John McLeod Campbell (1800-1872) | 433
Erskine Mason (1805-1851) | 434
Henry Carpenter (1806-1864) | 438
Robert Candlish (1806-1873) | 439
Alexander C. Rutherford (1810-1878) | 442
Thomas Crawford (1812-1875) | 443
C. John Kennedy (1813-1900) | 445
Edward A. Litton (1813-1897) | 457
George Smeaton (1814-1889) | 458
S. G. Burney (1814-1893) | 459
Henry B. Smith (1815-1877) | 460
J. C. Ryle (1816-1900) | 463
James Morison (1816-1893) | 464
Robert L. Dabney (1820-1898) | 468
W. G. T. Shedd (1820-1894) | 471
Hugh Martin (1821-1885) | 473
A. A. Hodge (1823-1886) | 474
Herman Bavinck (1854-1921) | 480
Richard Webster (1811-1856) | 481
Os Teólogos Arminianos do Século XIX | 481
Charles Finney (1792-1875) | 481
Thomas Summers (1812-1882) | 483
John Miley (1813-1895) | 484
Conclusão | 487

 

O Século XX | 488
B. B. Warfield (1851-1921) | 488
Louis Berkhof (1873-1957) | 489
R. B. Kuiper (1886-1966) | 490
John Murray (1898-1975) | 490
J. I. Packer (1926-) | 491
R. C. Sproul (1939-2017) | 493
John MacArthur (1939-) | 493
Henry C. Sheldon (1845-1928) | 495
Olin Alford Curtis (1850-1918) | 498
Lewis Sperry Chafer (1871-1952) e o Dallas Theological Seminary | 498
Henry Thiessen (1883-1947) | 502
T. F. Torrance (1913-2007) | 502
Leon Morris (1914-2006) | 504
Broughton Knox (1916-1994) | 504
John Stott (1921-2011) | 505
Homer Hoeksema (1923-1989) | 505
James B. Torrance (1923-2003) | 506
Donald Bloesch (1928-2010) | 507
Michael Green (1930-) | 507
Robert Lightner (1931-2018) | 508
Norman Geisler (1932-2019) | 510
R. T. Kendall (1935-) | 512
Brian Armstrong (1936-2011) | 512
Gary Long (1937-) | 513
John Frame (1939-) | 514
David Engelsma (1939-) | 516
Paul Helm (1940-) | 518
Alan C. Clifford (1941-) | 523
Curt Daniel (1952-) | 526
Martin Davie (1957-) | 528

 

Teólogos Arminianos do Século XX | 529
J. Rodman Williams (1918-2008) | 529
J. Kenneth Grider (1921-2006) | 529
Dave Hunt (1926-2013) | 530
Thomas Oden (1931-2016) | 531
I. Howard Marshall (1934-2015) | 531

 

Teólogos Luteranos Representativos e a Extensão da Expiação | 534
Milton Valentine (1825-1906) | 534
Francis Pieper (1852-1931) | 536
Conclusão | 536

 

O Século XXI | 537
O. Palmer Robertson (1937-) | 538
Robert Godfrey (1946-) | 538
Richard Muller (1948-) | 539
Robert Letham (1947-) | 542
Michael Horton (1964-) | 543
Robert Peterson (1944-) e Michael D. Williams (1960-) | 547
R. Larry Shelton (1941-) | 548
G. Michel Thomas (1966-) | 549
Jonathan David Moore (1975-) | 550
Tom Barnes (1961-) | 552
Carl Trueman (1967-) | 553
Kevin DeYoung (1977-) | 554
Timothy A. Williams (1965-) | 554
Dan Phillips (1955-) | 554
Kenneth Stewart (1950-) | 555
Greg Forster (1957-) | 556
Terrance Tiessen (1944-) | 559
Robert Peterson (1949-) | 559
Myk Habets (1966-) e Bobby Grow (1979-) | 561
Anthony Badger (1966-) | 563
David Gibson (1975-) e Jonathan Gibson (1977-) | 564
Andrew Naselli (1981-) e Mark Snoeberger (1972-) | 564
Conclusão | 569

 

PARTE II
A Extensão da Expiação na tradição batista


5 A Extensão da Expiação entre os Batistas Ingleses, Gerais e Particulares | 573
Batistas Gerais | 574
Thomas Grantham (1634-1692) | 575
Dan Taylor (1738-1816) | 576
Os Batistas Particulares | 578
Paul Hobson (1666-) | 578
Thomas Lamb (1672 ou 1686) | 579
John Bunyan (1628-1688) | 580

 

Hipercalvinistas entre os Batistas Particulares na Inglaterra do século XVIII | 583
Tobias Crisp (1600-1643) | 583
Joseph Hussey (1659-1726) | 584
John Skepp (1675-1721) | 585
John Gill (1687-1771) | 585
John Brine (1703-1765) | 590
Daniel Turner (1710-1798) | 591
Robert Hall (1764-1831) | 591
Andrew Fuller (1754-1815) | 594
Fuller e Dan Taylor | 598

 

Fuller e o Movimento da Nova Teologia | 600
Fuller, equivalentismo quantitativo e “suficiência” | 601
Fuller, expiação limitada e a oferta do evangelho | 601
Fuller e Abraham Booth | 603
Fuller e Richard Baxter | 604
Carta III de Fuller a John Ryland: “Substituição” | 605
Conclusão | 614
William Carey (1761-1834) | 617
Richard Furman (1755-1825) | 620
Andrew Broaddus (1770-1848). | 621
Howard Hinton (1791-1873) e James Haldane (1768-1851) | 622
Charles Spurgeon (1836-1892) | 623
Fusão dos Batistas Gerais e Particulares na Inglaterra | 627
Confissões Menonitas e Batistas - séculos XVI-XVIII | 628

 

6 A Extensão da Expiação entre os Batistas Norte-Americanos | 637
Batistas Norte-americanos do Século XVIII até o Século XXI | 637
John Leland (1754-1841) | 637
David Benedict (1779-1874) | 638
Luther Rice (1783-1836) e Adoniram Judson (1788-1850) | 639
David Jessee (1783-1856) | 643
Francis Wayland (1796-1865) | 643
Edward T. Hiscox (1814-1901) | 645
Alvah Hovey (1820-1903) | 646
Augustus H. Strong (1836-1921) | 646
Arthur Pink (1886-1952) | 647
Norman Douty (1899-1993) | 648
Roger Nicole (1915-2010) | 648
David Nettleton (1918—1993) | 650
John Reisinger (1924-) | 650
Leroy Forlines (1926-) | 650
C. Gordon Olson (1930-) | 650
J. Ramsey Michaels (1931-) | 652
Earl Radmacher (1931-2014) | 653
Robert Picirilli (1932-) | 653
Tom Wells (1933-) | 657
Bruce Demarest (1935-) e Gordon Lewis (1926-) | 657
D. A. Carson (1946-) | 659
John Piper (1946-) | 664
Wayne Grudem (1948-) | 666
Stanley Grenz (1950-2005). | 668
Roger Olson (1952-) | 669
Kevin Bauder (1955-) | 671
James R. White (1962-) | 673
Paul Martin Henebury (1962-) | 679
Laurence M. Vance (1963-) | 679
Conclusão | 680

 

7 A Extensão da Expiação e os Batistas do Sul | 681
Batistas do Sul do Século XVIII ao Século XXI | 690
Jesse Mercer (1769-1841) | 690
William Bullein Johnson (1782-1862) | 691
John L. Dagg (1794-1884) | 694
R. B. C. Howell (1801-1868) | 694
J. M. Pendleton (1811-1891) | 695
J.R. Graves (1820-1893) | 696
James P. Boyce (1827-1888) | 696
John A. Broadus (1827-1895) | 701
B. H. Carroll (1843-1914) | 702
A. H. Newman (1852-1933) | 704
E. C. Dargan (1852-1930) | 705
Z. T. Cody (1858-1935) | 705
E. Y. Mullins (1860-1928) | 707
Edwin M. Poteat (1861-1937) | 708
A. T. Robertson (1863-1934) | 708
W. O. Carver (1868-1954) | 709
W. T. Conner (1877-1952) | 709
H. W. Tribble (1889-1967) | 709
W. A. Criswell (1909-2002) | 710
Theodore R. Clark (1912-1999) | 710
William W. Stevens (1914-1978) | 711
Dale Moody (1915-1992) | 711
Robert H. Culpepper (1924-2012) | 711
Charles Ryrie (1925-2016) | 712
James Leo Garrett (1925-) | 712
Millard Erickson (1932-) | 713
Clark Pinnock (1937-2010) | 714
James E. Tull (1938-1985) | 716
Paige Patterson (1942-) | 717
Tom Nettles (1946-) | 717
Timothy George (1950-) | 721
Frank Page (1952-) | 722
David Dockery (1952-) | 722
Ronnie Rogers (1952-) | 723
Bruce Ware (1953-) | 725
Gregg Allison (1954-) | 725
Tom Ascol (1957-) e Founders Ministries [Ministérios Fundadores] | 727
Daniel Akin (1957-) | 730
Ken Keathley (1958-) | 730
Roy Clendenen (1949-) e Brad Waggoner (1957-) | 731
David Allen (1957-) e Steve Lemke (1951-) | 740
Albert Mohler (1959-) | 742
Mark Dever (1960-) | 744
Malcolm Yarnell (1962-) | 746
Russel Moore (1971-) | 746
Erick Hankins (1971-) | 747
Matthew Harding (1973-) | 748
Adam Harwood (1974-) | 748
Jarvis J. Williams (1978-) | 749
David Platt (1979-) | 753
David Schrock (1980-) | 754
Compreensão equivocada do Calvinismo Amiraldiano e Moderado | 756
Dabney é incompreendido | 758
Suficiência intrínseca ou extrínseca? | 764
A oração sumo sacerdotal de Jesus, a falácia da inferência negativa e os falsos dilemas | 765
A natureza eficaz da expiação | 769
O argumento sacerdotal em defesa da expiação limitada | 771
A natureza pactual da expiação | 775
O impacto universal da expiação definida | 777
Confissões Batistas na América | 788

 

PARTE III
A Extensão da Expiação: Uma Análise Crítica

 

8 Uma Análise Crítica de Do Céu Cristo Veio Buscá-la | 803
Análise do capítulo de Michael Haykin, “‘Confiamos no sangue
salvador’: A expiação definida na igreja primitiva” (65-86) | 808

 

Análise do capítulo de David S. Hogg, “‘Suficiente para todos, eficiente
para alguns’: Expiação definida na igreja medieval” (87-111) | 814

 

Análise do capítulo de Paul Helm, “Calvino, linguagem indefinida e
expiação definida” (113-142) | 818

 

Análise do capítulo de Raymond A. Blacketer, “Culpando Beza: O
desenvolvimento da expiação definida na tradição reformada” (143-
168) | 826

 

Análise do capítulo de Lee Gatiss, “O Sínodo de Dort e a expiação
definida” (169-195) | 830

 

Análise do capítulo de Amar Djaballah, “Controvérsia sobre a graça
universal: Um exame histórico do Brief Traitté de la Predestination de
Moïse Amyraut” (197-239) | 835

 

Análise do capítulo de Carl R. Trueman, “A expiação e a aliança da
redenção: John Owen sobre a natureza da satisfação de Cristo” (241-
268) | 838

 

Análise do capítulo de Paul Williamson, “Porque ele amou vossos pais:
Eleição, expiação e intercessão no Pentateuco” (271-293) | 843

 

Análise do capítulo de J. Alec Motyer, “Ferido pela transgressão do meu
povo: A obra expiatória do servo sofredor de Isaías” (295-318) | 845

 

Análise do capítulo de Matthew S. Harmon, “Para a glória do Pai e a
salvação de seu povo: A expiação nos Sinóticos e na literatura joanina”
(319-343) | 849

 

Análise do capítulo de Jonathan Gibson, “Por quem Cristo morreu?:
Particularismo e universalismo nas epístolas paulinas” (345-397) | 860

 

Análise do capítulo de Jonathan Gibson, “A gloriosa, indivisível, trinitária
obra de Deus em Cristo: A expiação definida na teologia de Paulo sobre a
salvação” (399-451) | 865

 

Análise do capítulo de Thomas R. Schreiner, “‘Textos problemáticos’ para
a expiação definida nas epístolas pastorais e gerais” (453-481) | 870

 

Avaliação Sumária dos Capítulos 9-14, “Expiação Definida na Bíblia” | 875
 

Análise do capítulo de Donald Macleod, “A expiação definida e o decreto
divino” (486-526) | 875

 

Análise do capítulo de Robert Letham, “O Deus triúno, encarnação e
expiação definida” (527—555) | 881

 

Análise do capítulo de Garry J. Williams, “A intenção definida da
expiação penal substitutiva” (557-582) | 885

 

Análise do capítulo de Garry J. Williams, “A punição divina não pode ser
infligida duas vezes: O argumento do duplo pagamento redivivo” (583-
623) | 888

 

Análise do capítulo de Stephen J. Wellum, “A nova aliança - Obra de
Cristo: Sacerdócio, expiação e intercessão” (625-652) | 897

 

Análise do capítulo de Henri A.G. Blocher, “Jesus Cristo, o homem: Para
uma teologia sistemática da expiação definida” (653-703) | 901

 

Análise do capítulo de Daniel Strange, “Morto pelo mundo?: O
‘desconforto’ dos ‘não evangelizados’ para uma expiação definida” (707-
732) | 910

 

Análise do capítulo de Sinclair Ferguson, “‘Bendita certeza, Jesus é meu’?:Expiação definida e a cura das almas” (733-762) | 913
 

Análise do capítulo de John Piper, “‘Minha glória não darei a outrem’:
Pregando a plenitude da expiação definida para a glória de Deus” (763-
805) | 917

 

9 A Expiação Ilimitada e sua Importância | 929
Representantes Notáveis da Extensão da Expiação | 930
O Problema Declarado, ou Ambiguidade e Equívoco no Calvinismo
Rígido | 937
O Problema Ignorado por Muitos Calvinistas | 938
Consequências do Problema | 939
O Problema Ilustrado na Declaração do Comitê Consultivo do
Calvinismo Batista do Sul | 940
Escritura e a Extensão da Expiação | 942
O Amor de Deus e a Extensão da Expiação | 945
A Lógica e a Extensão da Expiação | 951
Pregação, Evangelismo, Missões e a Extensão da Expiação | 952

Título Por Quem Cristo Morreu? Uma análise Crítica sobre a Extensão da Expiação
Título original The Extent of Atonement: A Historical and Critical Review
Código 3408
Autor David Allen
Formato 17 x 24 cm
Peso 1,500g
Acabamento Capa Dura
Páginas 960
Papel Off Set
ISBN 978-85-92734-22-0
Categorias Patrística, Arminianismo, Tradição Batista, Calvinismo
Edição 2019
R$ 177,00 R$ 106,20
até 5x de R$ 21,24 sem juros
ou R$ 100,89 via Pix
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

A Editora Carisma tem despontado como uma das mais importantes casas publicadoras do mercado literário cristão nacional. Nascida em 12 de maio de 2016, seu catálogo já demonstra claramente que pretende qualificar o debate teológico, principalmente na publicação de obras focadas na soteriologia nos dons espirituais. Seus autores representam a alta erudição acadêmica, dialogando à mesa sobre os mais variados temas da teologia cristã.

Pague com
  • Pix
  • Pagar.me V2
Selos
  • Site Seguro

Editora Carisma LTDA - CNPJ: 24.787.604/0002-79 © Todos os direitos reservados. 2022


Para continuar, informe seu e-mail

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade