-40%
Poderoso em Palavras e Obras - James Shelton

Poderoso em Palavras e Obras - James Shelton

  • REF. 978-85-92734-09-1
  • Disponibilidade: Pronta Entrega
  • De R$ 62,00
  • Por R$ 37,20

  • R$ 37.20
  • R$ 37,20 em 3x de R$ 12,40 sem juros
  • ou R$ 35,34 à vista 5%

Preço de Atacado: R$ 31,25

compra mín. R$ 500,00

Quantidade
1x de R$ 37,20 sem juros
Total: R$ 35,34

Calcule o freteNão sei meu CEP

DETALHES DO PRODUTO

James Shelton ressalta o discurso inspirado e as diferenças primordiais entre as ênfases pneumatológicas neotestamentárias, afirmando que cada autor enfatiza determinado papel do Espírito Santo. 


SUMÁRIO

CAPÍTULO 1 - O PAPEL DO ESPÍRITO SANTO EM LUCAS-ATOS

Os perigos de negligenciar a mensagem exclusiva de Lucas

A Escritura

A unidade 

A inspiração

A perspectiva exclusivamente lucana sobre o Espírito Santo

Identificando a perspectiva exclusiva de Lucas 

Lucas contrastou com Paulo

Distinções do Espírito nos evangelhos sinóticos e em Atos: um resumo

O Espírito Santo em Marcos 

O Espírito Santo em Mateus 

O Espírito Santo em Lucas 

O Espírito Santo em Atos 


CAPÍTULO 2 - O ESPÍRITO SANTO E AS TESTEMUNHAS DA INFÂNCIA

O Espírito Santo e a concepção de Jesus

O Espírito e o testemunho de João

João Batista

João “no espírito e poder de Elias”

O Espírito e o testemunho de Isabel

O Espírito Santo e o testemunho de Maria

Maria estava cheia do Espírito Santo?

Maria e a graça

O Espírito e o testemunho de Zacarias

O Espírito e o testemunho de Simeão e Ana

O programa lucano na narrativa da infância 


CAPÍTULO 3 - O ESPÍRITO SANTO E JOÃO, FILHO DE ZACARIAS

O material Batista nos outros Evangelhos

Marcos 1.1-11

Mateus 3.1-17

João 1.19-36 

O interesse principal de Lucas no material Batista

Cristologia

O batismo no Espírito Santo como sua capacitação para testemunhar

O batismo do arrependimento

Evidência da mensagem distintiva de Lucas na pregação de João

“João, filho de Zacarias”

O Espírito e a “Palavra de Deus”

Lucas evita o título “Batista”

A ênfase no arrependimento e no Espírito Santo em vez de no batismo na água

Reinterpretação de Jesus da profecia do batismo no Espírito 

João e o ato de falar

CAPÍTULO 4 - O ESPÍRITO SANTO E O BATISMO DE JESUS

A ausência de João no batismo

A desênfase gramatical do batismo de Jesus

Capacitação ou atestação divina?

Um batismo no Espírito Santo efetuado por Jesus?

Jesus, o Espírito e a nova era

A voz divina

A descida do Espírito como a confirmação da profecia de João

A relação entre o Espírito Santo e a filiação

Cristologia Adocionista

Conclusão - Jesus, o Filho de Deus ungido pelo Espírito 


CAPÍTULO 5 - O ESPÍRITO SANTO E A TENTAÇÃO DE JESUS

“No poder do Espírito”

O ajuste lucano do relato da tentação

“Cheio do Espírito Santo”/“Guiado pelo Espírito”

O testemunho inspirado contra o diabo

Não um poder mágico, mas um estilo de vida

Jesus como um humano guiado pelo Espírito

Jesus e a tentação como um exemplo

Discurso inspirado contra os oponentes

Um estilo de vida de dependência do Espírito Santo


CAPÍTULO 6 - O ESPÍRITO SANTO E A INAUGURAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE JESUS

O ajuste lucano do relato sinótico 

Criatividade lucana? 

Uma tradição alternativa

A preeminência da redação lucana

As primeiras palavras públicas de Jesus em Lucas

O ajuste lucano da cronologia do Evangelho

O Espírito e a fala inspirada no ministério de Jesus


CAPÍTULO 7 - O ESPÍRITO SANTO E OS MILAGRES

O Espírito Santo e os Milagres na Perspectiva Lucana

O Espírito e o poder

O Espírito e a autoridade

O Espírito e graça

A inter-relação entre o discurso inspirado e os milagres

O discurso inspirado na operação de milagres

Falando em nome de Jesus para curar

Milagres operados por uma diversidade de meios

Testemunho confirmado pelo poder de operar milagres


CAPÍTULO 8 - O ESPÍRITO SANTO, A ORAÇÃO E O LOUVOR

“Se alegrou Jesus no Espírito Santo”

O contexto original: Mateus ou Lucas?

“No Espírito Santo”

As características lucanas da frase: “Se alegrou no Espírito Santo”

O significado do programa proposto por Lucas

O Espírito Santo e a Oração do Pai-Nosso

A validade da variante do Espírito Santo

O valor da variante para o programa de Lucas

O Espírito Santo como a resposta para a oração


CAPÍTULO 9 - O ESPÍRITO SANTO, BLASFÊMIA E TESTEMUNHO

O contexto da blasfêmia em Mateus e Marcos

A relocação de Lucas da blasfêmia sob a perspectiva de Marcos

Testemunho: o contexto de Lucas para a blasfêmia

A versão de Lucas: blasfêmia versus testemunho inspirado



CAPÍTULO 10 - O ESPÍRITO SANTO, O DISCURSO DE DESPEDIDA E A ASCENSÃO DE JESUS

A ascensão como catalisadora para a liberação do Espírito 

A mão de Lucas ou a tradição 

A mensagem do discurso de despedida

O cumprimento da Escritura e da exegese inspirada

A pregação da Igreja Primitiva resumida

A morte e a ressurreição de Jesus

Arrependimento e perdão 

As testemunhas e a promessa de poder

Por que a ausência do título do “Espírito Santo”? 

O ministério de Jesus como um paradigma para a igreja


CAPÍTULO 11 - O ESPÍRITO SANTO E OS CRENTES EM ATOS

O Espírito Santo como diretor de missões

O Espírito Santo e a conversão em Atos

Pentecoste e conversão (Atos 2)

O Espírito e a conversão no sermão de Pedro no Pentecostes

O Pentecostes samaritano (Atos 8.4-17)

O Espírito e a conversão de Saulo de Tarso (Atos 9.22) 

O Espírito, a conversão e Cornélio (Atos 10) 

O Espírito, a conversão e os discípulos efésios (Atos 19.1-7) 

Por que o rebatismo? 

Conversão ou Empoderamento? 

“Cheios com/do Espírito” e o discurso inspirado 

Análise das passagens com a frase “Cheios do Espírito Santo” 

“Cheio com o Espírito Santo” e o recebimento do Espírito Santo

A função da plenitude do Espírito contrastada em Lucas-Atos
 A fala inspirada e a plenitude do Espírito Santo em Lucas-Atos

A Palavra inspirada de Pedro e a plenitude do Espírito (Atos 4.8)

Os discípulos e o discurso inspirado (Atos 4.31) 

Pedro, Paulo, Estêvão e o discurso cheio do Espírito 

Outras expressões do discurso inspirado pelo Espírito 


CAPÍTULO 12 - "CHEIOS COM O ESPÍRITO SANTO" PARA ANUNCIAR A PALAVRA COM OUSADIA

As mensagens exclusivas das pneumatologias de Lucas, Paulo e João
 Ramificações e aplicações 

Implicações para os diversos grupos na Igreja 


APÊNDICE - JESUS, JOÃO, O ESPÍRITO E A NOVA ERA

A descida da pomba: o começo da nova era 

João: nova ou antiga era? 

A visão abrangente de Lucas da história da salvação 


BIBLIOGRAFIA SELECIONADA 

Informação adicional
TítuloPoderoso em Palavras e Obras: O Papel do Espírito Santo em Lucas-Atos
Título originalMighty in Word and Deed
Código3399
AutorJames B. Shelton
Formato15,5 x 23 cm
Peso450g
AcabamentoBrochura + Orelhas + Verniz
Páginas268
PapelAvena Chambril
ISBN978-85-92734-09-1
CategoriasTeologia Lucana, Novo Testamento, Espírito Santo, Jesus Cristo
Edição2018

RELACIONADOS

Tags: Espírito Santo, Novo Testamento, Lucas-Atos